A família da morada mais selvagem de Lisboa não pára de crescer e, para assinalar o Dia do Pai, o Jardim Zoológico apresenta as suas três crias de Pinguim-do-cabo.

Nascidos a 17 de Outubro de 2018, a 9 de Janeiro e 14 de Fevereiro de 2019, os pequenos e carismáticos pinguins-do-cabo, de sexo ainda indefinido, prometem conquistar os corações dos visitantes, numa data tão especial. O Pinguim-do-cabo (Spheniscus demersus) é a única espécie de pinguins que se reproduz em África e o Jardim Zoológico mantêm uma população da espécie desde meados do século XX.

O Pinguim-do-cabo é monogâmico, sendo conhecidos casais que se mantêm juntos por mais de uma década. Normalmente, o casal regressa à mesma colónia de nidificação e, muitas vezes, ao mesmo ninho, todos os anos. No Jardim Zoológico é possível encontrar casais que permanecem juntos há cerca de 17 anos.

O Pinguim-do-cabo é uma espécie reconhecida pela UICN (União Internacional para a Conservação da Natureza) como “Em Perigo” de extinção. Estima-se que a população mundial seja hoje apenas 10% do número registado no início do séc. XX. Atualmente, está ameaçada pela drástica diminuição dos stocks de peixe, devido à pesca excessiva, às alterações climáticas, e à poluição do habitat, sobretudo por derrames de petróleo.

Em parceria com a Goodlife, o Jardim Zoológico criou um pack familiar para incentivar miúdos e graúdos a conhecer de perto o mundo destas incríveis aves marinhas.

Para mais informações visite a página online do Zoo de Lisboa.