Anastasiya Gepp / Pexels

Faltar ao trabalho para prestar assistência aos filhos vai conceder aos pais uma baixa a 100%. Uma medida que vai entrar em vigor com o novo Orçamento de Estado.

A informação é avançada pela Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, numa entrevista ao jornal Público. Recorde-se que actualmente o valor de referência está fixado nos 65%.

Também a licença dos pais com filhos com incapacidades, doenças crónicas ou oncológicas vai ser estendida até um limite máximo de seis anos com um subsídio pago a 65%.