Alexas_Fotos / Pixabay

Esta é uma das conclusões de um estudo efectuado pela Intrum Consumer Payment Report a mais de 24 mil cidadãos, em 24 países da Europa e que será partilhado amanhã, dia 24 de Janeira, para assinalar o Dia Internacional da Educação.

A mais recente novidade deste estudo, o Barómetro Bem-Estar Financeiro, analisou o entendimento dos consumidores dos termos financeiros básicos e concluiu que Portugal está em 14º lugar, com 6,41 pontos num total de 10. Finlândia e Reino Unido ocupam os lugares cimeiros da tabela com 7,74 e 7,23 pontos respectivamente.

Em comunicado, a Intrum revela que o seu estudo concluiu que “79% dos portugueses considera que as escolas têm uma grande responsabilidade quando se trata de educar as crianças na área da educação financeira, valor superior ao ano passado que se fixava nos 69%”.

O estudo da Intrum mostra igualmente que quando é avaliado o grau de literacia financeira com base num conjunto de conceitos financeiros, os inquiridos portugueses (57%) revelam um grau de conhecimento inferior à média europeia (63%).