A coincidir com o início do segundo período escolar, está a terceira edição da Escola Amiga da Criança que acaba de abrir o período de candidaturas para apresentação de projectos. Esta iniciativa desafia escolas, encarregados de educação, alunos e professores a apresentarem projectos inovadores nas áreas de alimentação saudável, saúde, sustentabilidade, digital, espaço escolar, envolvimento da família e cidadania e inclusão.

O projecto vencedor ganha seis mil euros em equipamento para a escola e cinco mil euros em livros. Todas as candidaturas devem ser apresentadas até dia 14 de abril para depois serem submetidas à avaliação do júri que conta com as presenças dos mentores deste projecto: o presidente da CONFAP Jorge Ascenção, o administrador do Grupo Leya Tiago Morais Sarmento e o conhecido psicólogo Eduardo Sá.

A Escola Amiga da Criança surgiu como forma de “distinguir escolas que concebem e concretizam ideias extraordinárias, contribuindo para um desenvolvimento mais feliz da criança no espaço escolar e essencialmente partilhar essas boas prácticas.

As candidaturas podem ser feitas através do site da iniciativa em https://escolaamiga.pt/concorrer.