Até dia 30 de abril, a fachada do centro comercial “veste-se” de azul. Um simbolismo da Campanha do Laço Azul, em colaboração com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Viana do Castelo.

Esta iniciativa pretende sensibilizar a população contra a violência infantil. Os visitantes vão ainda poder visitar a “Lente Azul”, uma exposição de fotografias que resulta de um projeto da Casa dos Rapazes de Viana do Castelo.

Para assinalar o mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância, além do laço azul gigante na fachada, a CPCJ Vianense vai ainda distribuir laços azuis aos colaboradores da Estação Viana Shopping, instituições e serviços locais, com a intenção de cobrir o distrito de azul.

História do Laço Azul

A campanha começou em 1989, nos E.U.A., quando Bonnie decidiu amarrar uma fita azul à antena do seu carro, de modo a chamar a atenção para a problemática da violência doméstica, demonstrando a sua dor face aos acontecimentos trágicos de que tinham sido vítimas os seus netos. Uma pequena homenagem que se difundiu rapidamente e que se tornou numa campanha de sensibilização mundial.

Atualmente, vários países, durante o mês de abril, utilizam as fitas azuis para relembrar a persistência e prevenção do abuso infantil.