O projecto “Educar para o Futuro” é uma parceria entre a Asociação Helpo e a Fundação Galp que ajuda 16 comunidades de Moçambique e S. Tomé e Príncipe. Até 2021, este trabalho vai contemplar 22 escolas e dois orfanatos dos dois países, abrangendo perto de 11.400 alunos, 300 pais e 90 professores. Durante este período serão ainda entregues um total de 675 bolsas de mérito e mais de 3.600 kits nutricionais, durante 3 anos (2019-2021).

Assim, na passada Terça-feira, dia 5 de Fevereiro, a Fundação Galp entregou Bolsas de Estudo que permitem a 103 crianças frequentar a 8ª Classe pela primeira vez na escola de Natoa, na Província de Nampula. Estes alunos são crianças apadrinhadas por esta instituição, que assegura todo o material escolar, uniformes e custos de matrícula no decorrer do ano lectivo.

A Associação Helpo é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento, que trabalha desde 2008 no norte de Moçambique, para a promoção do desenvolvimento nas áreas da educação e da nutrição.

Através deste projecto, a Fundação Galp decidiu desta forma premiar os melhores alunos de 2018, das escolas secundárias da cidade de Nampula, com a entrega de bicicletas. Em quatro escolas secundárias da cidade vão ser atribuídas anualmente 40 bicicletas a 20 meninas e 20 meninos.

Na comunidade Natoa, foram entregues 17 bicicletas e 100 mochilas com material escolar, uniformes e a matrícula a crianças da 8ª classe que vão frequentar a Escola da cidade moçambicana. Nesta escola vão ser atribuídas cerca de 103 bolsas escolares, para o ensino secundário.