Stephanie Pratt / Pixabay

Dinamarca, Suécia e Noruega ocupam o top 3 de melhores países do mundo para criar uma criança. Quem o diz é o Relatório dos Melhores Países realizado, desde 2016, pela Wharton School da Universidade da Pensilvânia e a US News & World Report. Portugal ocupa a 17º posição, tendo à sua frente vários países europeus, o Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

“Estes países têm licenças generosas de maternidade e paternidade, pré-escolar gratuito e, de uma forma geral, têm bons sistemas de educação pública”, explica Deidre McPhilips, editora de dados do U.S. News & World Report, em declarações à cadeia CNN.

O Relatório dos Melhores Países analisou 73 nações através de 65 métricas diferenciadas. Desta forma, entrevistou mais de 20 mil pessoas nos continentes americano, europeu, asiático, africano e no Médio Oriente. Pelo quarto ano consecutivo a Suíça foi considerada o melhor país, seguida pelo Japão, Alemanha, Austrália e Reino Unido. Este último foi o país que registou a maior descida na tabela (em comparação com o relatório anterior) “possivelmente devido ao Brexit”, afirmam os autores do relatório.